Outros Pessoal

18 coisas que você precisa saber antes de Morar Sozinho

23.11.16

18 coisas que você precisa saber antes de ir morar sozinho, estudante, república, USP, FFLCH, morando sozinha, morar fora, morar sozinha, viajem, pessoal, viagem, vida

Quando saí de Piracicaba e vim para São Paulo eu já sabia que muitas coisas seriam diferentes. Que a minha vida seria repleta de “aventuras” que eu desconhecia – mas nunca imaginei que seria tão difícil morar sozinha.

  • Você vai sentir saudade de casa

Parece uma coisa até meio óbvia para se afirmar visto que você estará longe das pessoas que amam e que conviveu sempre junto até agora. Porém não falo da saudade da comida da vó, do choro do irmão (ou priminhos), das conversas com a tia ou dos latidos do seu cachorro. Falo de uma coisa mais profunda, aquele incômodo que fica no peito quando você está nervoso e só precisaria de um abraço da sua vó pra te acalmar. Ou quando você está profundamente angustiado e gostaria apenas que seu cachorro estivesse junto – ele entenderia, ele iria te olhar nos olhos e ia fazer tudo ficar bem com algumas lambidas. Ou quando você se sente em perigo e pensa na hora que a sua família nunca deixaria você sentir medo. Que você está á mercê do mundo sem ninguém para te proteger. Porém essa saudade não vai doer pra sempre, na verdade ela será ótima! Ela vai te fazer perceber o quanto a sua família é importante para a sua caminhada. Ela vai te fazer querer mais conversas, mais abraços e carinhos, mais passeios aleatórios, mais risadas, mais amor, mais família.

  • 2º Diga adeus às suas mordomias de antes

Sabe aquela tranquilidade de quando você está na escola, bate o sinal e você sabe que seu pai está lá para te buscar e te levar pra casa? Sabe o sossego em nem saber que horas começa sua aula de inglês pois tem alguém que te deixará na aula 15 minutos antes para que você tenha tempo de revisar algum conteúdo importante que você nem mesmo lembrava? E o que dizer quando você chega tranquilo no vestibular, com mais de 1 hora de antecedência e com tempo para se preparar e descansar? Bem, diga adeus à essas mordomias. Se você não tem carro como eu, vai aprender que o ônibus (busão para os íntimos) é seu mais fiel amigo – você vai ter que acordar horas antes da aula, levantar, se arrumar, arrumar seu café, seu lanche, checar cartão de ônibus, circular, banco, plano de saúde, RG, CPF, dinheiro e o que mais houver, antes mesmo de cogitar por os pés para fora de casa. Além disso, o ônibus pode atrasar, então se você acordar tarde e correr pro ônibus, lamento, mas você já perdeu parte da sua importante aula. Outro amigo que conheci recentemente se chama relógio, sim! Eu não era amiga dele, eu esquecia da existência dele, eu nem sabia direito os horários das minhas aulas da escola. Mas agora, bom, agora eu tenho ele como um amor inseparável – e para eu não ficar louca com os horários, tenho planilhas de horários, exatamente porquê eu sou fácil de perder hora. E se você tem carro, tem a mordomia de não andar de pé dois no frio cortante ou no sol de matar – mas, terá que lembrar dos seus horários, ou seja, lhe apresento á RESPONSABILIDADE.

  • 3º Sua relação com o dinheiro vai mudar – e muito!

Antigamente se eu queria algo eu pedia à minha avó, e, se tivéssemos coisas mais importantes para comprar do que o que eu queria: paciência, vida que segue. Pior que eu não entendia direito isso, pois, bom, eu queria algo e tínhamos a quantia para a coisa, então porque não comprar? Aí é que está, hoje, eu fico esperando ansiosa pelo dia 26 (yes! Money!) e pelo dia 5 (adeus! Money) ou seja, o dia de pagar o apartamento. Porém, o dia 5 é tão feliz porquê eu vou poder finalmente saber se eu vou curtir a vida adoidado com meus ricos 2 centavos ou se vou poder curtir a vida adoidado com um pouquinho mais – e quem sabe comprar mais um cacto pra minha coleção. Aplicativo do banco é algo essencial na minha vida – me sinto uma adulta pensando nisso agora. E o internet banking então? Caiu do céu! Com essas novas tecnologias (nossa parece que tenho mil anos kkk) é muito fácil pagar as contas, fazer transferências, consultar seu saldo (só dá vontade de morrer quando ele está negativo mas tudo bem, a gente supera), mas principalmente ele é importante para você ver quanto dinheiro ainda tem e fazer uns cálculos doidos a respeito de comprar ou não tal coisa – você acaba fazendo trocas e negociações consigo mesmo, por exemplo: se eu comprar um vasinho de bichinho esse mês não vou ter dinheiro para o xérox; o que é mais importante? Vasinho ou xérox? Bom, então compro xérox esse mês e vasinho de planta mês que vem, fechou? Fechou! Então belê.

  •  A comida não vai surgir no seu prato tal qual em Hogwarts

Se você não tem uma vó anjo como a minha, que se preocupa com cada migalha que eu como – e se eu realmente to comendo saudável. Então se prepare, a comida não vai surgir no seu prato e nem vai ficar pronta sozinha. Ah mas tem o bandejão da faculdade né? Migo, boa sorte, o bandejão não é gostoso e não dá pra viver com ele (eu por exemplo engordei uns 5 quilos no primeiro mês vivendo de bandejão, e olha que eu só comia a carne e a salada). Então se acostume com a ideia de fazer compras – e não ter um ataque cardíaco ao ver o preço da sua maionese favorita. E também se acostume com a ideia de cozinhar – eu não cozinho muito porquê a mãe linda da Jacquelinda manda comidinha, mas eu sei fazer meus rangos também (vulgo chuchu maravilhoso *clique aqui para ler essa receita delícia que te salvará no futuro*).

  • 5º Aprenda a organizar seu tempo

Eu sei, isso não parece digno de estar na minha lista, mas acredite, sozinho o tempo vai voar. Antigamente eu voltava da escola e sentia que passavam-se meses enquanto eu estava estudando Inorgânica. Já hoje, eu vou ler um mísero texto de literários e quando vejo já é hora de dormir – isso porquê o texto é complexo e denso, mas também porque ás vezes eu começo a fazer uma coisa e vou pra outra. Então, se você é do tipo que ama celular, vocês vão ter que se separar. Parece que eu gasto mais tempo que o necessário arrumando minhas coisas, lavando a louça, comendo, escovando os dentes e coisas assim. Não sei porquê mas parece que o tempo sempre me falta, acho que é pelo excesso de silêncio ou por ficar o dia inteiro em casa estudando, eu só sei que o meu tempo se vai em poucos minutos.

  • Vai ter um dia que você vai tomar banho e, embaixo da água, vai perceber que esqueceu de comprar sabonete.

Desculpa, mas vai acontecer. Então o que você precisa? De uma lista! Senão de compras pelo menos do que é estritamente essencial e ninguém pode viver sem. A minha em versão simplificada seria: cotonete, pasta de dentre, sabonete, shampoo, creme pro cabelo, sabonete pro rosto e papel higiênico. Pensem bem, você pode viver até sem comida, mas sem papel higiênico não dá, então faça sua lista, coloque coisas de cozinha também e seja feliz sem imprevistos como o que eu exemplifiquei.

  • 7º A casa precisa de manutenção frequentemente.

Quando digo “manutenção” me refiro a coisas essenciais como por exemplo; por o lixo pra fora, passar pano no chão, lavar a louça, regar as plantas, limpar a mesa, lavar guardanapo (que doido, até pouco tempo nem tinha percebido que ele não se lavava sozinho). Você vai conhecer a diferença entre desinfetante e cândida (as vezes da pior forma possível). Vai descobrir desesperado que existe um produto de limpeza específico para piso laminado. Que para o banheiro ficar limpo é necessário muito mais do que uma mera passadinha de pano. Que a sujeira vai se depositar nos lugares mais inimagináveis e difíceis de tirar possíveis! Vai perceber que produto de limpeza faz parte de uma coletânea de itens do mercado que poderiam ser pagos com metade do cérebro ou com um de seus rins. Você também vai ver que lixo precisa ser comprado – bom, pelo menos o saco de lixo. E que você vai precisar de coisas que nunca iria imaginar como por exemplo uma escovinha velha de lavar roupa, araminhos para prender embalagens de salgadinho e até um varal de roupas (mesmo que você não lave roupa na sua casa). Ahhh, bem lembrado, a sua roupa também não aparecerá limpa e passada no seu closet – olha, acho que adeus closet também kkkk – então você terá que aprender que usa-se muitos itens para que uma roupa fique impecável – ou ao menos usável.

  • 8º Não vai ter só pinga e foguete não.

Se você gosta de festa, saídas, farras, ótimo! Mas olha, olha direito, olha bem, olha lá pra aquela pilha gigantesca de livros e xerox pra ocê ler – agora repense, vai pra festa ou vai garantir uma boa ponderada? Esse tópico é da responsabilidade, mas também merece um espaço só dele porque a gente sempre pensa que só será diversão, verão, curtição e na verdade tá mais pra tristeza, seminário e depressão. Então saiba administrar seu tempo – vá às festas, mas lembre que tem uma penca de listas pra fazer; conheça novos lugares – mas não se esqueça que tem louça na pia pra lavar, faça amizades e até arranje um novo amor – mas não se esqueça de que no outro dia terá aula cedinho.

  •  Você nem sempre vai morar com quem gosta

Geralmente as pessoas dividem casas ou apartamentos com outras pessoas. O único problema disso é no que tange à convivência. Nem sempre você vai conseguir morar com sua melhor amiga, nem sempre seus vizinhos serão seus amigos de infância (na verdade nunca) e nem sempre você terá a mesma personalidade que seu companheiro de quarto. Isso porquê cada pessoa tem uma personalidade diferente – que é um conjunto de tudo aquilo que cada um viveu e presenciou.  Isso significa que talvez você seja bagunçado e seu roommate seja um virginiano (gosta de coisas milimetricamente arrumadas, alÔ vó, alÔ Jacque!); significa que talvez você queira desenvolver uma amizade ou pelo menos uma boa convivência com quem dorme debaixo do mesmo teto que você – mas o outro talvez queira apena ignorar a sua existência. A minha sorte foi ter encontrado a melhor companheira de quarto/apartamento do mundo, mesmo com nossas diferenças, eu e Jacque temos aquela decisiva sintonia, respeito e amizade. Mas nem sempre vai ser assim – você pode conhecer alguém que não tem os mesmo ideais e o objetivos, pessoas que não querem uma cumplicidade e muito menos uma amizade.

  • 10º Você vai começar a cantar e falar sozinho.

As vezes você vai estar quietinho em casa quando de repente…tô namorando todo mundo 99% anjo perfeito mas aquele 1%  é vagabundoooo…. Sim, você vai começar a cantar assim mesmo e até a conversar consigo mesmo – as vezes eu converso até em inglês, me xingo, me dou bronca, me dou conselhos, ah e também faço uns poemas sonoros também (fica uma coisa bem louca mas depois que ouvi um pela primeira vez aquela coisa não saiu da minha cabeça rs).

  • 11º Coisas inimagináveis são necessárias para montar uma casa.

“vó, certeza que precisamos de uma tábua de vidro para cortar legumes?” *usamos ela todo dia. “vó, será mesmo necessário um abridor de lata de vidro? E um abridor de lata de sardinha!?” * com toda a certeza usamos muito. “vó, mas sério que vamos usar guardanapinho pequeno de papel?” *estava até o outro dia perdido na gaveta enquanto a gente queria ele. “Ah mas duvido que a gente vá usar 4 pratos! E um conjunto inteiro de facas a garfos?” * ai a gente esquece que podemos ter visitas e que podemos, vez ou outra levar algum garfo ou colher pra rua e então se está tudo contadinho têm que comer com a faca mesmo. Então assim, se você vai montar uma casa do zero, se prepara, tem muita coisa! E se você é cheio das frescuras que nem eu e gosta de tudo decoradinho dá um pulinho lá no meu Instagram, tem um monte de fotos dos nossos copos de cupcake, toalha de corujinhas, lixo com estampa de Londres…

  • 12º Você faz seu horário.

Isso é um pouco diferente do tópico 5, esse diz mais respeito à sua liberdade em poder fazer literalmente o que quiser – e aguentar as consequências depois disso. Como por exemplo passar a madrugada estudando ou ir dormir bem tarde sendo que tem aula de manhã – às vezes nem um relógio estrondoso de cuco pode te acordar de uma noite mal dormida. Isso significa também que dormir pouco (como eu) vai te afetar mas dormir muito pouco (ainda não cheguei nesse estágio) vai te deixar um bagaço – quase que literalmente. Por isso organiza o tempo, estuda respeitando seus máximos e dorme pois não vai ter ninguém pra te chamar de manhã – bom, de vez em quanto eu tenho a Jacque hihihi. Antigamente minha avó tinha que me chamar mais de 20 vezes, acender luz, falar, tagarelar, ligar a TV, ligar rádio, ligar tudo pra eu poder finalmente acordar e me vestir pra aula. Hoje eu tenho que acordar com a música insuportável do despertador – além disso fico acordado (abrindo os olhos) numas 36 vezes por noite antes de realmente chegar a hora de levantar.

  • 13º Quando você ficar doente ninguém vai cuidar de você.

Quando eu estou doente ou deprimida ou qualquer coisa assim eu gosto de ficar bem juntinho da minha vó. Gosto de sentir que ela está cuidando de mim, isso me conforta e me deixa melhor, Saber que alguém lembra de fazer comida pra mim e todos os horários dos remédios que eu tenho que tomar, me deixam bem melhor – me curam pelo amor. Porém sozinho você não vai ter ninguém pra cuidar de você – bom a Jacque super se preocupa comigo e eu com ela, mas nada supere o amor da minha avó, e no seu caso talvez seja a sua mãe, tia, vô… Mas quando ficar doente e tiver que tomar remédio sozinho – se você sempre esquece deles como eu, faça uma planilha de horários, não precisa ser nada lá muito perfeito não, ou coloque despertador pra te lembrar dos horários. Ligar e ouvir a voz de quem você ama será a coisa mais perfeita do mundo para te fazer melhor. Eu pessoalmente já sou uma pessoa dramática, e com dor sou pior ainda então ficar longe da vó quando eu tô morrendo de dor, jesuis me leva socorr, é bem triste.

  • 14º Você vai precisa de um farmácia particular.

No começo eu achava que só uma aspirina (que é a única coisa que eu tomo) já ia ser o suficiente, mas aparentemente não. O pior foi quando precisei de um remédio pra cólica – e a Jacque só tinha comprimido. Ou quando pela primeira vez morando sozinha eu precisei tomar um Eno – e não tinha nem cheiro de Eno em casa. Aprenda a reservar um cantinho no seu guarda roupa só pros remédios. Coloque tudo que você precise – e sempre ande com pelo menos uma aspirina junto, pode deixar ela no estojo ou na mochila mas tenha um remédio para emergências.

  • 15º Existem milhares de produtos pra lavar roupa – e a roupa não se lava sozinha mais.

Será algum defeito do guarda roupa ou da gaveta pra roupa não surgir mais limpa e passada? Será que alguém consegue consertar essa desgraça? Nananina.  Você vai ter que aprender a usar suas próprias patinhas pra lavar, passar, secar… Oh! Não era por mágica! E, na verdade para deixar uma roupa bem cheirosinha você precisa de, no mínimo, 1 sabão (tipo OMO por exemplo), 1 amaciante (tipo FOFO, é um galão azul) e tira manchas (por exemplo, Vanish). Agora, você vai aprender que existe um Vanish só pra roupas brancas. E que tem um produto específico para lavar roupas pretas. Além disso roupas pretas não podem nunca ser lavadas com roupas brancas e, as vezes você não pode misturar determinadas peças com outras – pois pode fazer tudo manchar e ficar inutilizável (ou não rsrsrs). Além disse, os panos de lavar não surgem limpos do nada então pelo menos um famoso sabão de coco é bom ter em casa.

  • 16º Vizinho faz barulho, amigo de apto faz barulho, cachorro faz barulho, criança faz barulho também!

Então sabe aquela tranquilidade da sua casa numa rua tranquila? Adeus, se for morar em apartamento entenda que as paredes não são feitas com tecnologia de sala de gravadora – você vai ouvir seus vizinhos. Pode rolar de ouvir uma briga, uma conversa, um choro, um amasso, ou um latido. Na primeira semana no apto novo o vizinho do outro lado do andar tinha um monte de cachorro – bom, pelo barulho parecia uma verdadeira matilha, mas o que vamos fazer? Ele tem direito de ter cachorro tanto quanto temos de ter nossas plantas! O vizinho do outro lado tem bebê, que eventualmente chora, mas ele tem direito de ter bebê, tanto quando temos direito de ter nossos bebês boletinhos! Se seu colega de apartamento gosta de falar no telefone com a mãe o que você pode fazer? Você também fala com a sua mãe! Só que ai vocês podem conversar em fechar porta ou tentar fazer ligação quando o outro não está estudando, na verdade se você tem uma boa amizade tudo flui.

  • 17º Não vai surgir do céu um homem aranha pra matar suas baratas.

Então se você tem nojo de pisar nelas compre aquele veneno de spray – e saia correndo que nem louco pela casa, pelo menos é assim que eu faço. E os mosquitos então? Raquete elétrica tostadora – dá pra sentir até um cheirinho de churrasco vindo dos insetos fritos. E o que dizer então se você tem fobia de alguns desses bichos? Não vai poder subir em cima da mesa ou se dependurar do teto gritando pra alguém vir matá-los – antes vai atrair um porteiro ou algum vizinho sonolento querendo vir te matar.

  • 18º Aproveite, você está vivendo o sonho da sua vida.

Mesmo com todos os “problemas” que citei lá em cima, se isso é o que você sempre quis e sonhou vá em frente. Se você vai morar sozinho seja pra estudar ou trabalhar, seja pra mudar de cidade ou de país, ou nem que seja só porquê “cresceu” aproveite. Você está tomando a melhor decisão – tanto pra você quanto para o seu futuro você. Só não se esqueça de fazer amigos e se cercar de gente que te ama, isso é essencial.

Carta de Hogwarts DIY – Como Envelhecer Papel
Finalmente uma heroína para nos representar: Mulher Maravilha
Presentes de Última Hora pra Você – VOCÊ MESMO – que “Esqueceu” do Dia dos Namorados

:D :-) :( :o 8O :? 8) :lol: :x :P :oops: :cry: :evil: :twisted: :roll: :wink: :!: :?: :idea: :arrow: :| :mrgreen:
  • Gabriela Dahmer Coitinho Em 23 . 11 . 2016

    Muitas das coisas que tu citou eu já sabia e fazia antes de ir morar sozinha, mas outras eu aprendi quando tive essa experiência. Amei seu post, bem completo.

    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpageInstagramTwitter

  • Samira Em 23 . 11 . 2016

    <3 obrigada mozão!! É nem parece que vão ter tantas aventuras né haha

  • Márcia malosso Em 23 . 11 . 2016

    Bem vinda à vida adulta ! As pessoas “crescem” e essa é a vida real … vivendo e aprendendo ! Permita-se passar por cada momento que parece impossível de sair ileso ….eles nos ensinam muito ! A vida é bela, é perfeita ! Viva-a intensamente. Boa sorte … e viva a VIDA ❤️

  • Samira Em 23 . 11 . 2016

    Ownt que linda! Muito obrigada Marcinha, com certeza vou aproveitar ao máximo! ♥

  • Rayanne Buchweitz Em 23 . 11 . 2016

    Finalmenteeee tá de volta, morri de saudades do dezoito em ponto ❤ Leio posts de morando sozinha e já bate aquele medinho do ano que vem hahaha Dependendo do enem eu vou pra curitiba e aaaaa to super ansiosa/nervosa só de pensar que vou ficar sozinha por lá haha Beijão miga, não some mais

  • Samira Em 23 . 11 . 2016

    AI MEU DEUS VOCÊ SENTIU FALTA DE NÓS? Ownttt linda!!! Muito obrigada ♥ é que deu uns probleminhas na hospedagem, mas agora já esta tuuudo resolvido hehe. E mozão, você vai se adaptar e adorar cada segundo!! Estarei aqui se precisar é só chamar ;)

  • Helena Krauel Em 23 . 11 . 2016

    Esse post ficou incrível! Mas ainda é melhor doq morar com minha mãe nofisdfj

  • Samira Em 23 . 11 . 2016

    haushaushushau ai Helena só você mesma!

  • nani moreira Em 23 . 11 . 2016

    Excelente! É bem isso mesmo e eu já estou nessa batalha faz um tempinho e posso te dizer: vale a pena. Você ganha autonomia, se conhece mais, reconhece mais os esforços de quem morava com você, ganha mais tarefas e com isso responsabilidades. Ps.: Vim do Grupo do face United Blogs…bjs nanimoreira.wordpress.com

  • Samira Em 23 . 11 . 2016

    Pior que é verdade, agora que consigo reconhecer tudo o que minha avó faz por mim, toda a dificuldade e trabalho em manter uma casa – tipo todas as despesas e tarefas e o tempo pra fazer todas elas – porquê mesmo eu ajudando ela sempre acaba fazendo mais :/

  • 18 coisas que você precisa saber antes dos 18 anos – Outros – Dezoito em Ponto Em 23 . 11 . 2016

    […] sozinho, ter um cantinho próprio, decorar com todo amor e carinho, prepara o bolso. Ah e leia esse post, ele já vai te preparar pra essa vida com 18 Coisas que Você Precisa Saber Antes de Morar […]