Literatura

Entrevista com Ray Tavares escritora de “Os 12 Signos de Valentina”

14.07.17
Entrevista com Ray Tavares escritora de "Os 12 Signos de Valentina"

Entrevistinha fofa com a autora mais diva do universo: Ray Tavares; a autora de “Os 12 Signos de Valentina” editado pela Galera Record. Uma moça idealista, agradável, indecisa – como toda boa pessoa que tem algo de gêmeos no mapa astral; amante de leitura e escrita (será que ela me aceita como melhor amiga?), ruiva (olha ai, mais 1 ponto pra essa amizade) e considera os signos de água os melhores para namorar (bem…Eu sou de escorpião tá? Tô aceitando amizades hehe).

Samira Oliveira: Conte-nos um pouco sobre você, quem é Raissa Tavares?

Ray Tavares: essa pergunta é engraçada, e eu sempre dou uma resposta diferente toda vez que me perguntam, porque eu sou diferente dependendo do dia, da hora, do momento… se você tivesse me perguntado isso ontem, eu te diria que sou empreendedora, responsável, hoje, posso te dizer que sou um pouco preguiçosa. Mas, no geral, tem três características minhas que nunca mudaram ao longo da vida: sou criativa, idealista e impulsiva. Todas as minhas ações se baseiam nesse tripé! De maneira mais didática, meu nome é Raissa Carolina Tavares Jacobucci, tenho 24 anos, sou formada em Gestão de Políticas Públicas pela USP, sou ariana com ascendência em gêmeos e lua em áries, trabalho com consultoria e auditoria de impostos e escrevo desde os meus 13 aninhos de idade.

S: Vi que você já viajou bastante, isso te ajuda a ter novas ideias para os livros?

R: Sim! Eu amo viajar, se eu tivesse grana, eu só faria isso. Quem precisa de carro, roupa, mansão, champanhe e mordomo quando a gente pode ficar hospedado numa cabana no meio do deserto de Marrocos e viver uma experiência única!? As minhas viagens me inspiram, mas, mais do que isso, me dão bagagem para criar personagens plurais, diferentes, de culturas diferentes, histórias diferentes.

S: Onde você aprendeu tanto sobre astrologia? Tiveram alguns livros e sites decisivos para esse aprendizado?

R: Minha mãe ama astrologia, então o conhecimento básico e a paixão pelo tema passou de mãe para filha. Mas eu me aprofundei bastante através de livros e portais sobre o assunto. Tem MUITO conteúdo maravilhoso e gratuito na internet sobre astrologia – quem se interessa, não pode perder tempo!

 

S: Há quantos anos você escreve e como começou seu amor pela escrita?

R: Eu escrevi a minha primeira fanfic aos 13 anos, mas acho que o amor pela escrita partiu do meu amor pela leitura, e esse é muito antigo. Eu lembro de ainda não saber ler e pedir para a minha mãe e para as minhas tias lerem os Gibis da Turma da Mônica para mim – eu NEM SABIA ler e já amava a leitura! A minha avó contava muitas histórias para mim também, e eu sempre gostei do sentimento de poder entrar em outros mundos e histórias só com o poder da mente. Acho que a escrita foi uma evolução natural disso.

S: Como funciona seu processo criativo?

R: Eu não tenho um “processo”. Tem dias que eu sento na frente do pc e escrevo 20 páginas sem parar. Tem dias que eu não consigo nem escrever uma linha. A minha inspiração é muito assimétrica. Quando eu estou afim, senta que lá vem história, quando eu não estou, prefiro fazer qualquer coisa à escrever.

Quando você ama o que faz, as pessoas percebem isso.

S: Qual dos seus personagens você namoraria?

R: Eu namoraria o Andrei, obviamente. E o Oliver de Hacker. São meus dois crushs literários de minha autoria!

S: Na sua opinião, o que foi necessário para o sucesso de “Os 12 Signos de Valentina”?

R: A dedicação que eu depositei na história e a divulgação das pessoas que gostaram da Isadora – foi uma mistura de eu não deixar a peteca cair e continuar escrevendo, divulgando, criando mais conteúdo, espalhando a história pela internet, mesmo nos momentos mais difíceis, e os meus leitores maravilhosos que nunca me deixaram desistir.

S: Qual(is) conselho(os) você daria para quem está começando a escrever?

R: Escreva sobre o que te fascina, não sobre o que está na moda. Escreva com o coração, escreva porque a ideia de passar um dia sem escrever te faz mal, escreva porque você quer que o mundo conheça aquela história. Quando você ama o que faz, as pessoas percebem isso.

S: Qual signo você acha melhor para namorar? E para ter uma amizade?

R:Os signos de água são bons namorados, fieis, apaixonados, dedicados – câncer e peixes, principalmente. Para uma amizade, sagitarianos e aquarianos são incríveis e vão te fazer viver experiências muito muito muito doidas.

S: Você costuma construir seus personagens à imagem de pessoas que você conhece?

R: Não 100% – gosto de colocar características físicas e emocionais de amigos e familiares em personagens, mas nunca criei um igualzinho a alguém que eu conheço.

…eu sou diferente dependendo do dia, da hora, do momento… se você tivesse me perguntado isso ontem, eu te diria que sou empreendedora, responsável, hoje, posso te dizer que sou um pouco preguiçosa.

S: Nos conte sobre seus livros anteriores, fanfics e leitores lá do comecinho, como eles foram conhecendo suas histórias?

R: Eu comecei escrevendo fanfics da banda McFLY – hospedava as minhas histórias no Fanfic Addiction e passava horas e mais horas conversando sobre fanfics na tag do site. Foi lá que comecei a criar uma relação maravilhosa com os meus leitores, nos tornamos amigos mesmo, e a cada dia aparecia um novo para somar no bonde. Depois do FFADD, migrei para o FFOBS, depois do FFOBS criei o Clube das Autoras com amigas escritoras, o CDA acabou, fundamos o Universo Paralelo e, finalmente, já com uns bons 8/9 anos de estrada, entrei para o Wattpad. Tenho leitoras lá do FFADD e tenho leitoras que me conheceram pelo Wattpad, e posso dizer que tem sido uma viagem maravilhosa! As minhas histórias estão todas disponíveis no Wattpad e são, em ordem de idade: Gossip Boys, Noiei, Nuts!, Hacker, Bola na Rede, Os 12 Signos de Valentina, Carta aos Astros e Travessia.

S: Quais livros você está escrevendo no momento? Você já tem planos para a próxima publicação física?

R: Eu não paro quieta, né? No momento, estou escrevendo Carta aos Astros, spin-off de Os 12 Signos de Valentina, Travessia, uma distopia muito doida, Sexologia, em parceria com a Má Marche, estou reescrevendo Gossip Boys, minha primeira fanfic, e comecei a estruturas o livro novo, que vai se chama Rainha da Friendzone.

 
Se você gostou da linda Ray fique de olho aqui no Dezoito em Ponto, que logo logo posto a resenha de “Os 12 Signos de Valentina! Para ver mais entrevistas clique aqui e se você é a louca dos livros clique aqui para ver resenhas e um vasto conteúdo literário do Blog
"Os 12 Signos de Valentina" de Raissa Tavares pela editora Record| Resenha por Samira Oliveira para o DEZOITOEMPONTO.COM
Resenha do Livro Mulheres Incríveis da Astral Cultural
A Insustentável Leveza do Ser – Milan Kundera| Resenha de um dos meus livros preferidos!
Para Educar Crianças Feministas – Um Manifesto | Chimamanda Ngozi Adichie

:D :-) :( :o 8O :? 8) :lol: :x :P :oops: :cry: :evil: :twisted: :roll: :wink: :!: :?: :idea: :arrow: :| :mrgreen: