Em voga

Lattes: monte o seu currículo agora mesmo!

07.10.20

Quando entramos no ambiente acadêmico, costumamos ouvir alguns termos novos que passam a fazer parte do vocabulário dos estudantes. Este é o caso do currículo lattes! Aqui você também vai aprender um modelo de currículo completo!

Se você está cursando uma faculdade, é bem provável que já tenha ouvido falar sobre o gigantesco Lattes de alguma professora ou de alunos que fazem de tudo por um currículo impecável. 

Então, caso você seja uma dessas pessoas que está buscando aprimorar seus conhecimentos e ter o seu próprio perfil do Lattes online, está no lugar certo! Neste texto, te ensinaremos tudo o que precisa saber para fazê-lo agora mesmo. 

Índice – Acesse na ordem que preferir!

  1. O que é o currículo lattes?
  2. Para que serve este tipo de currículo?
  3. Quando fazer seu currículo lattes?
  4. O que devo inserir?
  5. Tem problema o currículo lattes ser extenso?
  6. Saiba como ter um currículo lattes de sucesso
  7. Hora de criar o seu perfil na Plataforma Lattes
  8. Dica extra: seja participativo(a)
  9. Currículo lattes e curriculum vitae: qual é o melhor?
Três estudantes em uma universidade. Imagem ilustrativa currículo lattes.

O que é o currículo lattes?

O lattes é o estilo de currículo usado por quem está no universo acadêmico e que pretende seguir carreira como professor, pesquisador ou cientista.

E seu nome é uma homenagem ao físico Césare Mansueto Giulio Lattes. Visto como um dos maiores cientistas nacionais, foi ele quem inspirou a criação desse modelo, em 1999.  

Então, para fazer seu cadastro gratuitamente, é necessário acessar a Plataforma Lattes. Ela pertence ao Conselho Nacional Científico e Tecnológico (CNPq), maior órgão fomentador de bolsas de pesquisas científicas do Brasil. 

Para que serve este tipo de currículo?

A criação do lattes foi feita com o objetivo de padronizar as informações acadêmicas dos pesquisadores brasileiros. Outro ponto importante é: a Plataforma funciona como uma base para consulta de agências de fomento que estão oferecendo bolsas. 

Isso quer dizer que para se inscrever em editais de iniciação científica, intercâmbio e vagas de pós-graduação é necessário ter um perfil na plataforma. 

Se você é estudante universitário no estado do Rio de Janeiro e tem interesse em concorrer a uma bolsa de pesquisa na sua área, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ) pedirá que você insira o link do seu lattes entre os dados básicos.

Quando fazer seu currículo lattes?

Agora mesmo! Afinal, se você tem a intenção de se destacar no ambiente da academia, ele é indispensável. Além disso, há vagas de trainee ou estágio que pedem o lattes, além do curriculum vitae

Logo, se está no Ensino Médio e quer ingressar em uma universidade e fazer parte de projetos, não precisa esperar até chegar lá para se cadastrar. Ou, se já é universitário e irá concorrer a iniciação ou outras atividades acadêmicas, o mesmo vale. 

Portanto, se você quer fazer mestrado, doutorado ou obter outras formações, é fundamental que esteja registrado na plataforma. 

Jovem fazendo uma apresentação em sala de aula.

O que inserir no currículo lattes?

Plataforma Lattes é a página onde você irá adicionar todas as informações sobre projetos de extensão, iniciações científicas, participação em grupos de estudos e eventos acadêmicos, assim publicações de capítulos, artigos e livros. 

Outros pontos para agregar são: voluntariados, apresentações culturais – de Teatro ou Música -, prêmios, atividades complementares, voluntariados, cursos de pequena ou longa duração e nível de conhecimento em idiomas. 

Tem problema o currículo lattes ser extenso?

Não, não tem nenhum problema. Inclusive, quanto mais completo, melhor! Que alívio, não?

Isso deve ao fato de as agências de fomento preferirem aqueles alunos e profissionais que tenham um perfil completo e com boas experiências na sua área de atuação. 

A Candidato separou as melhores dicas para te ajudar a se destacar, além de um tutorial para você aprender como a montar seu currículo lattes na plataforma do CNPq. Continue a leitura!

Quatro estudantes em uma mesa de estudos. Imagem ilustrativa sobre meio acadêmico.

Saiba como ter um currículo lattes de sucesso

Antes de tudo: não tem como comprovar que participou? Não insira

Pense duas vezes antes de adicionar qualquer informação de algo que você não fez na Plataforma. 

Uma vez que os órgãos de fomento podem requerer que você comprove os feitos. Portanto, insira apenas aquilo que você pode apresentar certificados ou cartas de professores confirmando a autoria ou participação.

Demonstre que você percorreu uma trajetória

Este tópico é fundamental. Isso porque é muito importante que o seu currículo demonstre que você sabe o que quer. Então, construa uma trajetória de acordo com suas áreas de interesse.

E, durante a sua carreira no meio acadêmico, seja universitário ou de formação técnica, dê prioridade e realize projetos em certas linhas de pensamento afins.

Por exemplo, se você estuda Biologia e tem grande interesse por restauração ecológica, frequente eventos da área, procure desenvolver estudos e participar de grupos que tenham a ver com o tema. 

Com isso, você demonstra às que está preparado para assumir as responsabilidades que uma bolsa de pesquisa requer.

Faça atualizações constantes no seu currículo lattes

Quanto mais atualizado o seu currículo lattes e completo de informações úteis, são maiores as chances de você ser selecionado nos processos. 

Sendo assim, quando participar de eventos, tiver algum artigo publicado ou melhorar o seu nível de conhecimento em uma língua, não se esqueça de atualizar o cadastro na Plataforma. 

Jovem estudante digitando em um notebook. Imagem ilustrativa currículo lattes.

Hora de criar o seu perfil na Plataforma Lattes

#1 Entre na Plataforma Lattes

O site da Plataforma é de fácil acesso e navegação intuitiva. Você irá acessá-lo e, na barra direita, irá clicar em “Cadastrar novo currículo”. 

#2 Insira seu e-mail e crie uma senha

Na sequência, serão pedidos dados de nacionalidade, e-mail e uma senha para a criação do seu perfil. 

#3 Coloque seus dados pessoais

Em seguida, a plataforma solicitará dados básicos, como: nome completo, sexo, cor ou raça e documentos de identidade – CPF, RG e passaporte (caso você tenha). Também é necessário inserir o nome dos seus pais.

Depois, adicione informações sobre telefones para contato e endereço. E saiba que todos dados podem ser atualizados no futuro. Por exemplo, caso você mude de endereço ou número de telefone.

[IMAGEM]

#4 Agregue informações sobre sua formação acadêmica

Na página seguinte, você deve colocar as experiências que teve na academia, junto ao nome da instituição em que estava no momento e aos anos de início e conclusão das atividades. 

Atenção: que essa parte do currículo é a mais avaliada durante processos seletivos para vagas e bolsas, então preencha com atenção!

Além das experiências de formação, também é possível inserir participação em projetos de pesquisa e em eventos, publicação de artigos, monografias, entre outras modalidades de textos.

#5 Adicione habilidades e experiências profissionais

Nesta etapa, dê preferência às experiências profissionais que estejam relacionadas à sua área de estudos. 

Além da parte profissional, também serão pedidos dados sobre idiomas. Portanto, caso você possua domínio em alguma língua além do Português, precisará acrescentar o nível em cada modalidade: fala, escrita, leitura e compreensão. 

#6 Finalize e aguarde

Após finalizar todas as etapas, clique em “Enviar ao CNPq” e aguarde 24h para que o seu currículo esteja acessível. Este é o tempo que o Conselho demora para confirmar seus dados e subi-los para a Plataforma Lattes. 

[IMAGEM]

Dica extra: seja participativo(a)

Jovens desenvolvendo um projeto na universidade.

Além de contribuir para as suas horas obrigatórias em atividades extracurriculares, ser participativo é recompensador!

Ao atuar na organização de eventos, como congressos, seminários e colóquios, o estudante pode aprender muito sobre trabalho em equipe, produção e gestão. Ou mesmo, caso sua intenção seja apenas comparecer como ouvinte, garantimos que vale a pena a experiência.

Participar de eventos no meio acadêmico permite adquirir novos conhecimentos, conhecer pessoas de diferentes lugares com interesses semelhantes ao seu e fazer contatos para trabalhos futuros. 

Já quem atua em empresas juniores, por exemplo, tem a oportunidade de se aproximar do mercado de trabalho na área que estuda. Além disso, também aprende lidar com clientes reais e buscar meios de já começar a trabalhar com o que gosta. 

As possibilidades são múltiplas dentro do meio acadêmico. Mantenha-se informado sobre as oportunidades do seu lugar de estudo e seja participativo!

Isso agrega valor ao currículo e à sua formação enquanto cidadão, acadêmico e profissional. 

Currículo lattes ou curriculum vitae: qual é o melhor?

Isso depende dos seus objetivos! Enquanto o curriculum vitae é focado na carreira profissional, o lattes está presente no dia a dia acadêmico. 

Então, se você está quer tentar uma vaga de emprego e não sabe se é melhor enviar o currículo lattes ou vitae, a melhor escolha é o CV. Isso porque, ele atua como uma carta de apresentação do candidato para o recrutador da organização ou empresa. 

Homem jovem fazendo curriculum vitae.

Além disso, ele dá maior foco maior às experiências e à trajetória da pessoa no mercado de trabalho. E objetivo principal do CV é convencer o setor de Recursos Humanos que você é o candidato ideal para aquele posto de trabalho. 

Confira as diferenças entre os dois tipos de currículo abaixo:

  • Formato: o CV costuma ser enviado impresso ou em formato PDF às empresas e o lattes está ligado a uma plataforma online.
  • Personalização: o CV pode ser editado de acordo com as preferências de cada pessoa, já o vitae possui um padrão de formatação.
  • Tamanho: o CV deve conter duas páginas no máximo, enquanto o lattes não tem um limite.

Seja o Candidato de Sucesso dos processos seletivos e baixe o nosso modelo de curriculum vitae! Garanta o seu emprego dos sonhos clicando aqui!

Pra quê serve a Carteira de Estudante?
A melancolia dos dias úmidos e seus recomeços
Como aceitar seu corpo? Venci autoestima baixa, transtorno de imagem e bulimia

:D :-) :( :o 8O :? 8) :lol: :x :P :oops: :cry: :evil: :twisted: :roll: :wink: :!: :?: :idea: :arrow: :| :mrgreen: