Posts da categoria "Outros"
Beauty Outros

O Segredo do Ruivo Perfeito – HENNA + Entrevista com Iara Henna

24.07.17

Quer saber o segredo para o ruivo dos sonhos? Aquele ruivo Marina Ruy Barbosa, de um jeito natural, sem química e que ainda recupera os fios danificados? Parece sonho mas é real: Henna! Vem que eu te conto o segredo pro ruivo natural mais lindo do mundo!

Se você ainda é nova na saga ruiva, te aconselho a dar uma lida primeiro nesse post, em que expliquei um pouco sobre a transição dos fios virgens para a tintura e neste em que indiquei um tonalizante maravilhoso para as ruivinhas. A primeira coisa que você precisa ter para começar a usar a henna é: certeza. Certeza de que quer realmente ser ruiva – pro resto do vida – ou pelo menos, por um bom tempo. Isso porquê a henna não desbota (esse é um dos motivos do meu eterno amor por ela) e se você jogar uma tinta por cima vai manchar todo o seu cabelo. Então antes de tudo, faça essa escolha, pois depois dela, para sair do ruivo você vai precisar esperar o cabelo crescer e ir cortando – ou tentar alguma das receitas que sugerem no grupo de Henna do Facebook. Nesse post vou contar minha experiência e sanar algumas duvidas com a expert das hennas: Iara – a maravilhosa que vende a melhor henna do mundo! Mas também te aconselho ler esse post da Aninha, o manual da henna.

Primeira coisa, a henna pega em cabelos virgens e escuros mas não aparece e nem faz diferença na cor – a não ser que ele seja bem claro – então o primeiro passo é pintar o cabelo (no meu caso a raiz) que está virgem. Para quem já é ruiva com tinta não precisa dessa parte, apenas espere o ruivo desbotar bastante e depois aplique a henna (foi assim que fiz na primeira hennada). Para deixar a raiz clara usamos uma tinta loira; recentemente recebi o Loiro Acinzentado da Magic Color e resolvi testar, gostei bastante da tinta – não tem um cheiro muito forte e a cor fixou muito bem.

Segunda coisa, a henna vem em pó e precisa ser preparada, para isso existe várias receitas (variações na quantidade de água versus quantidade de pó da henna) e outros componentes que podem ser utilizados ou substituídos (ex: há quem goste de misturar vinagre ou limão para liberar mais pigmentos e há quem goste de usar alguns temperos como colorau para intensificar um tom, no caso, um tom mais alaranjado) mas uma coisa é certa: água morna (enquanto seu dedo conseguir ficar dentro da chaleira – depois de tirar a chaleira do fogo, claro) + henna. Para misturar os dois você deve utilizar uma colher de pau ou plástico –  nunca metal – eu uso o próprio pincel para a tinta. A misturinha a princípio, tem uma cor verde, mas conforme ela vai liberando pigmento vai ficando mais amarronzada. Essa mistura deve ficar descansando por um tempo, e, enquanto isso você deve ficar de olho para ver quanto de pigmento ela liberou – pegue um pouco da henna e coloque um pingo na palma da mão, deixe por alguns segundos e depois retire – deve ficar uma manchinha de um laranja marca texto, assim que a henna estiver pronta – se a mancha ficou fraquinha, a henna precisa descansar mais. É importante não deixar a henna sob luz artificial, lembre sempre de colocar um pano por cima para que ela fique no escuro. Para deixar um laranja um tiquinho mais avermelhado eu uso outra plantinha que a Iara vende, o Red Kamala, e estou amando! Ele deve ser acrescido à mistura após ela já ter liberado pigmento e o resultado é divino! ♥ Nos primeiros dias após hennar, a cor é de um laranja bem gritante, mas aos poucos ele vai oxidando e ficando uma cor menos radioativa e mais natureba ;)


Primeira foto: Henna já preparada, descansada e pronta para passar nos cabelos – e adicionando Red Kamala. Segunda foto: Passando a tinta da Magic Color no cabelo e na sobrancelha.

A henna não desbota devido a lawsona, a molécula que pinta os cabelos. Isso acontece pois a molécula de lawsona se liga à queratina do cabelo (que envolve o núcleo do fio) e resulta em uma cor única para cada pessoa. Depois de lavar os cabelos apenas com shampoo, você aplica a henna. Eu faço assim: pinto a raiz de loiro e quando vou retirar a tinta já entro no chuveiro, depois aplico a henna e me enxugo, após descansar com a henna no cabelo, tomo outro banho. É muito importante usar luvas quando for aplicar a henna – isso porque ela vai tingir de laranja até sua alma – e depois de aplicada usar uma touca – ou um saco plástico de mercado, pois se ela estiver bem liquida ela vai escorrer bastante. Te aconselho a não usar roupas durante todo esse processo pois corre o risco de manchar. Depois de tirar a henna você vai sentir o cabelo meio duro e áspero, isso porquê ele está reconstruído, já que a henna se incorporou ao fio, repondo massa e deixando-o mais grosso. Por isso é essencial que você use uma máscara hidratante e vá as poucos penteando e tirando os nós que estiverem no caminho. Não se assuste com a bagunça que ficará no box – a água laranja vai sair, tenha fé, e seu cabelo tá ruivo e perfeito, tenha fé again.

 

Primeira foto: depois de pintar a raiz com tinta da Magic Color. Segunda foto: henna descansando na cabeça e na sobrancelha.



Agora tenho certeza que você tem mais dúvidas ainda, por isso preparei uma entrevista com a Iara Henna a respeito das dúvidas mais crúeis sobre a henna :)

Samira: Qual a sua história com a henna?

Iara Henna: Conheci a henna através de um companheiro muito querido que vendia desde os idos da década de 80 lá no Rio, em Ipanema. Quando ele faleceu as clientes enlouqueceram. Muitas eram alérgicas. Fui “intimada” a continuar a vender. Eu não conhecia muito sobre a henna e tive que estudar muito em sites estrangeiros e livros indianos. Google academics também foi uma ferramenta valiosa. Só havia um fornecedor no rio. Então entrei em contato com quase uma centena de fornecedores do mundo inteiro. Experimentei henna de pelo menos uma dezena deles. E descobri que o que chegava aqui era henna da pior qualidade. Atualmente tenho dois fornecedores indianos de partes geográficas bem diferentes da Índia para poder trazer sempre a melhor henna para o Brasil.

 

S: Conte-nos um pouco sobre a planta henna, como é o processo desde o plantio até o pózinho que conhecemos?

I: A Henna só crescerá bem onde as temperaturas mínimas permaneçam acima de 11 graus Celsius. Esta planta tolera o calor extremo e longos períodos de secas. Ela cresce selvagem perto dos oásis dos desertos!! Não precisa de solos ricos nem de muita água. A colheita não é muito fácil visto que primeiro se colhe as folhas mais novas e só depois todo o resto. Essas folhas e poucos galhinhos passam por uma limpeza e vão para uma primeira moagem. A minha henna passa por três moagens até fica finíssima. Chamam de triple-sifted. Depois é acondicionada em embalagens plástica e, esta, é colocada em uma segunda embalagem laminada para impedir que incida qualquer tipo de luz no pó.

 

S: O que pode ser misturado à receita da henna e quais as consequências de cada componente?

I: A agua morna é excelente e prática. Mas se vc tiver tempo use limão e deixe a henna descansando 24 horas (esse tempo vai depender da temperatura ambiente). Libera mais moléculas de pigmento por ser um processo mais lento do que através do calor. Se misturar colorau ou páprica o tom vai ficar mais avermelhado. Se misturar açafrão, mais laranjinha. Mas tenha em mente que esses temperos saem nas primeiras lavagens.

 

S: A henna pode ser deixada sob o sol? E sob luz artificial?

I: O pó de henna pode sim. Mas deve-se sempre deixar o pó que não for usado na embalagem original. Mas a henna já preparada não aconselho porque a parte que tiver mais contato com o calor do sol vai liberar o pigmento mais rápido. O ideal é sempre colocar para descansar em local escuro porque o calor ou o ácido agirá uniformemente sobre toda a mistura.

 

S: Por que não se deve usar colher de metal para mexer a henna?

I: A henna é uma planta cheia de idiossincrasias. E essa é uma delas. Na Índia dizem que o metal pode enrijecer a parede celular impedindo de haver a liberação do pigmento. Conheço meninas que usam um mixer para misturar a henna. Elas dizem não sentir diferença. Mas como na Índia eles já fazem sem usar metal há mais de 3.000 anos… prefiro seguir o conselho deles.

 

S: Além do ruivo existem outras cores de henna ou outras plantas que deixem o cabelos de outra cor e sem desbotar?

I: Não existe outras cores de henna. O pigmento da henna é laranja. Mas outras plantas podem ser adicionadas à henna. Se não quiser o ruivo acobreado e sim mais puxado pro chocolate misture Amla na sua receita. Ela corta o cobre da henna. Se quiser castanho, misture outra plantinha chamada Índigo e crie vários tons de castanho. Mas se preferir um preto intenso, azulado, use o Índigo puro logo após hennar os cabelos. Mas se gostar do ruivo mas quiser um tom puxado para o vinho misture Red Kamala. Se quiser super vinho, beterraba, use Red Kamala puro. Mas atenção: apenas a henna não desbota. As outras plantas irão desbotar com as lavagens.

 

S: O que é BAQ e qual sua importância na henna?

I: BAQ – Body Art Quality. Henna BAQ é o melhor 10% de henna e é reservado principalmente para a arte corporal, o Mehendi. 100% pó de folhas secas e jovens de Lawsonia Inermis. Henna para Mehendi deve ter um maior teor de corante e o mais fino peneirar, para que os artistas possam fazer padrões finos com tatuagens de longa duração. E deve ser cultivada também em solo extremamente limpo. Por tudo isto é a melhor henna para usarmos nos cabelos. Plantações de henna variam através das regiões de cultivo e variam de época para época. Alguns anos têm excelentes colheitas de henna, e alguns anos têm más colheitas de henna (por isso tenho fornecedores de partes diferentes da Índia).

 

S: Quais os poderes medicinais da henna? E de outras plantas que colorem os cabelos?

I: Não vou entrar em detalhes porque tanto a henna como as outras plantas citadas aqui são usadas como medicamento na Ayurveda – Medicina Indiana e por isso só podem ser usadas para este fim se forem receitadas por um médico (uso interno).

 

S: Quando usamos a henna no cabelo desfrutamos desses poderes medicinais?

I: Ah sim!!! Mas para uso externo capilar quase todas, exceto o Índigo e o Red Kamala, tratam várias afecções do couro cabeludo como seborreia, alopecia, escabiose, pediculose, entre outras.

 

S: A henna funciona em cabelos que já sejam ruivos naturais? E em grisalhos?

I: Em ruivos naturais pode escurecer um ou dois tons. Mas vai depender principalmente do tempo que a henna fica em contato com os cabelos. Em grisalhos funciona bem mas a partir da segunda aplicação que pode ser feita no mesmo dia. Como os grisalhos não tem mais a melanina é a própria henna que vai se ajudar.

 

S: Como fazer um banho de brilho? Tonalizantes como o Garota Veneno pegam nos cabelos com henna?

I: Em geral as meninas usam a henna congelada com bastante creme. Isso mesmo! O que sobrar da sua mistura vc congela e pode usar até 6 meses depois. Quanto ao tonalizantes claro que pegam e tem muitas meninas que usam. A henna é compatível com qualquer tipo de produto químico.

Para comprar a Henna Iara (essa que eu uso) clique aqui e para comprar o Red Kamala (tom mais avermelhado com a henna) clique aqui. E para saber mais sobre o mundo das hennas acesse o Blog da Iara Henna

Cuidados Com os Pés – Esfoliante e Hidratante da Niraj Indian
Carta de Hogwarts DIY – Como Envelhecer Papel
Finalmente uma heroína para nos representar: Mulher Maravilha
Beauty Outros

Cuidados Com os Pés – Esfoliante e Hidratante da Niraj Indian

07.07.17

Cuidados Com os Pés - Esfoliante e Hidratante da Niraj Indian Resenha por Samira Oliveira do Blog Dezoito em Ponto

Quem não gosta de sentir os pés macios e perfumados depois de um dia cansativo? O Esfoliante e o Hidratante da Niraj Indian são perfeitos para isso! Com componentes como Uréia e Manteiga de Karité, você sente os pés incrivelmente macios e leves!

Cuidados Com os Pés - Esfoliante e Hidratante da Niraj Indian Resenha por Samira Oliveira do Blog Dezoito em Ponto

Na primeira vez que usei, resolvi usar o Esfoliante no banho mesmo. Não deu muito certo porque sempre acaba escorrendo água até onde está o produto e tirando uma boa parte dele antes que possa agir na pele. Mas mesmo assim, foi uma boa experiência; ele contém grãos de caroços de oliva, sementes de damasco e pequenas partículas de arroz. Essas combinações esfoliam sem agredir a pele, eliminando aquelas pelinhas (células mortas) e partes mais ressecadas, além disso também deixa a pele mais sequinha pois remove a oleosidade excessiva. Na segunda vez que usei, optei por passar o esfoliante depois que saísse do banho – e em seguida apenas remover o esfoliante dos pés – e foi bem melhor, senti que o esfoliante foi mais bem aproveitado sabe?

Cuidados Com os Pés - Esfoliante e Hidratante da Niraj Indian Resenha por Samira Oliveira do Blog Dezoito em Ponto

Outro ponto maravilhoso desses produtos para os pés, é o quanto eles rendem! Vocês sabem que tenho um caso de amor com produtos que rendem bastante, e só por esse fator já me faz dar 3 estrelinhas logo de cara. O esfoliante é necessário usar só um pouquinho para o pé todo, e assim também com o hidratante. A textura do esfoliante é bem gostosa, não é aquelas partículas muito ásperas de outros produtos, fazendo com que ele esfolie sem agredir.

Cuidados Com os Pés - Esfoliante e Hidratante da Niraj Indian Resenha por Samira Oliveira do Blog Dezoito em Ponto

Já o hidratante é outra belezinha, ele parece uma manteiga; bem consistente (bem do tipo, virou de cabeça pra baixo e não se moveu) e com um cheiro delicioso! Na verdade, todos os produtos da Niraj Indian tem cheiros muito bons, algo como algodão e flores – você abre o potes e já sai aquele cheiro gostoso – dá vontade de usar na hora! O hidratante contém óleo de oliva que é um poderoso antioxidante e desintoxicante, manteiga de Karité e Uréia que garantem uma super hidratação e maciez.

Cuidados Com os Pés - Esfoliante e Hidratante da Niraj Indian Resenha por Samira Oliveira do Blog Dezoito em Ponto

Eu usei o hidratante á noite antes de dormir, pois já estava esperando que os pés ficassem um pouco oleosos. Mas isso não aconteceu, o produto hidrata sem deixar aquele óleo – que torna praticamente impossível andar – tem uma absorção bem rápida e o perfume fica até o outro dia (na verdade até a tarde, que é quando eu tomo outro banho). Experimentei colocar uma meia após usar o Hidratante e gostei bastante pois deixa mais quentinho e tenho a impressão que isso ajuda a circulação sanguínea e retem mais a hidratação – mas também é bem dispensável, não precisa ter aquela preocupação em sujar a roupa de cama com o Hidratante.

Cuidados Com os Pés - Esfoliante e Hidratante da Niraj Indian Resenha por Samira Oliveira do Blog Dezoito em Ponto

Achei muito interessante a sensação que fica nos pés após usar o Esfoliante e o Hidratante; é como se eles ficassem mais leves, como se realmente descansassem de um dia exaustivo. Estou começando a ter mais desses cuidados comigo e com o meu corpo, pois é tanta correria; faculdade, trabalho, livro, pesquisa, que praticamente não sobra tempo para mim; mas agora coloquei na cabeça que vou tirar um tempinho pra mim – e a Niraj Indian está sendo minha grande aliada nessa missão. ♥

Cuidados Com os Pés - Esfoliante e Hidratante da Niraj Indian Resenha por Samira Oliveira do Blog Dezoito em Ponto

Se você gostou deste post, tenho certeza de que vai amar o outros posts da Categoria Beauty como Unhas de Porcelana x Unhas de Gel
O Segredo do Ruivo Perfeito – HENNA + Entrevista com Iara Henna
Carta de Hogwarts DIY – Como Envelhecer Papel
Finalmente uma heroína para nos representar: Mulher Maravilha
DIY Outros

Carta de Hogwarts DIY – Como Envelhecer Papel

20.06.17
Carta de Hogwarts DIY - como envelhecer papel, passo a passo com café. Blog Dezoito em Ponto por Samira Oliveira

Quem não espera a carta de Hogwarts até hoje que atire o primeiro caldeirão! Mas chegou a hora de mudarmos isso e ter uma carta linda da melhor escola do mundo! Também vou ensinar como envelhecer papel – de um jeito bem fácil – para deixar sua cartinha ainda mais real.

Primeira coisa a se fazer é imprimir a carta e o envelope abaixo:

Depois, separe os materiais necessários:

  • Um prato raso
  • Café coado
  • Tesoura
  • Cola branca liquida
  • Tinta vermelha e preta
  • Um lápis
Carta de Hogwarts DIY - como envelhecer papel, passo a passo com café. Blog Dezoito em Ponto por Samira Oliveira

Depois de impresso a carta e o envelope, você deve cortar o envelope na linha demarcada e se preparar para envelhecer – em alguns minutos –  uns bons séculos hehehe. Para envelhecer o papel você primeiro precisa fazer café, eu uso minha cafeteira elétrica, mas você pode fazer do jeito que achar melhor. Em seguida, coloque uma parte do papel dentro do prato e vá derramando café sobre ele – aconselho você a fazer isso perto de uma pia, porque pode fazer bastante sujeira. Vá espalhando com os dedos o café sobre o papel – de um lado, e depois vire a folha, para que molhe os dois lados diretamente com o café.

Carta de Hogwarts DIY - como envelhecer papel, passo a passo com café. Blog Dezoito em Ponto por Samira Oliveira

Depois disso, você precisa colocar o papel para secar. Tome muito cuidado ao manuseá-lo pois ele vai estar mais frágil e pode rasgar muito facilmente. Para secar bem, eu estendi com cuidado a folha, sobre uma tábua de vidro (de cortar legumes), e com um papel toalha fui pressionando para tirar o excesso de café. Uma coisa que eu tentei – na busca de deixar a folha envelhecida com aquelas “ranhuras” foi dar uma amassadinha na folha para só então jogar o café em cima – o problema é que ela tem infinitas chances a mais de rasgar – o que de fato aconteceu – então se quiser tentar assim, use uma outra folha e teste ;)

Carta de Hogwarts DIY - como envelhecer papel, passo a passo com café. Blog Dezoito em Ponto por Samira Oliveira

Você também pode colocar as folhas para secar em outras superfícies. Eu fiz muuuitas folhas, fiz pergaminhos, carta de Hogwarts, Mapa do Maroto tudo para o meu Ensaio Harry Potter (MAIS UMA WESLEY?!) que você pode conferir clicando aqui. Então fui deitando as folhas sobre a mesa da cozinha e sobre o tanque de lavar roupa – é amigos, quase que minha carta vai por ralo hahah, bricadeirinha. Para secar totalmente eu deixei as folhas de um dia para o outro – não demora muito não – e então foi só montar o envelope e dobrar a carta! Depois de seco você ainda pode fazer alguns respingos de café sobre o papel, e deixá-lo com mais cara de envelhecido ainda!

Carta de Hogwarts DIY - como envelhecer papel, passo a passo com café. Blog Dezoito em Ponto por Samira Oliveira

Para fazer o fecho com o símbolo de Hogwarts eu usei uma caquinha bem despretensiosa hahahha. Pegue uma folha sulfite e coloque um pouco de tinta vermelha e um tiquinho de tinta preta – para forma esse vinho que o selo de Hogwarts tem – em seguida vá adicionando cola branca e misturando com a ajuda de um pincel. Essa mistura vai demorar bastante para ficar no ponto que precisamos, então depois de uns 2 dias a mistura está mais cremosa e menos líquida, então você pega o lápis e vai usar a ponta dele para fazer a forma do “H” do selo e deixar secar por mais 2 dias. Depois de seco só falta recortar – não muito certinho pois queremos a ideia de que é realmente um selo de cera – e também recortei alguns “pingos” de cera e colei pertinho do símbolo. Colei o “H” mais para baixo deixando a aba da carta apenas “enganchada” no selo – assim eu posso abrir minha carta quando quiser sem estragar o envelope!

Carta de Hogwarts DIY - como envelhecer papel, passo a passo com café. Blog Dezoito em Ponto por Samira Oliveira

Não se esqueça de preencher o remetente da carta e o endereço no envelope. Como eu iria postar DIY aqui no Dezoito em Ponto, acabei usando o endereço do meu querido amigo Harry Potter – faz tempo que esse danado não aparece aqui na casa do Wesley, viu!

Para aprender a fazer um porta acessórios de parede ou uma caneca de cacto, ou até mesmo os famosos biscoitinhos da Alice clique na Tag DIY e confira tudo isso e muito mais!

Carta de Hogwarts DIY - como envelhecer papel, passo a passo com café. Blog Dezoito em Ponto por Samira Oliveira

Prontinho! Sua carta de Hogwarts já foi entregue. Agora você pode desfilar todo feliz por aí (que nem eu na foto ai de cima) e esperar tranquilamente a sentença do Chapéu Seletor!

Para conferir o ensaio Harry Potter parte 1 e parte 2 clique aqui e aqui. Se você é potterhead de carteirinha, você precisa ver essas fotos!

P.S.: A ave pica
Carta de Hogwarts DIY - como envelhecer papel, passo a passo com café. Blog Dezoito em Ponto por Samira Oliveira

O Segredo do Ruivo Perfeito – HENNA + Entrevista com Iara Henna
Cuidados Com os Pés – Esfoliante e Hidratante da Niraj Indian
Finalmente uma heroína para nos representar: Mulher Maravilha
Filmes/Séries Outros

Finalmente uma heroína para nos representar: Mulher Maravilha

18.06.17

Representatividade e empoderamento feminino no filme da DC Mulher MaravilhaEu realmente tentei não falar nada sobre Mulher Maravilha – mesmo Eduardo tendo insistido para que eu fizesse uma resenha sobre o filme. Mesmo eu tendo amado e me emocionado com ele. Se você quer uma resenha, vá direto a esta: 7 Clichês e Estereótipos Subvertidos em Mulher-Maravilha (e outros 4 que nem tanto assim) pois neste post eu pretendo apenas contar tudo o que senti com o filme – e quem sabe você não se identifica também?

Contém Spoilers!

Se você não é muito nova com certeza esbarrou em uma tia, mãe ou avó dizendo algo como: herói é coisa de menino, essa violência, esses murros, não é pra menina. Menina tem que ser delicadinha! Por esse motivo eu sempre estive muito  meio longe de heróis, e só fui me aproximar um pouco mais por causa do Du (meu namorado) – e isso é extremamente lamentável. A divisão entre “coisas de menina” e “coisas de menino” era tão profundamente fincada nas crianças – e portanto em nós, atualmente – que eu mesma, as vezes me vejo sem saber como reagir, como ensinar minha priminha de 3 anos, o fato de que é perfeitamente comum ela querer um carrinho. E vejo com muita emoção, minha avó sem ofertar uma daquelas respostas que eu sempre ouvi, sem cortar a vontade da minha prima em brincar de futebol. Nessas pequenas coisinhas entre a educação que eu recebi e a que minha priminha está recebendo, que eu fico feliz, orgulhosa e esperançosa, de que as mulheres vão ganhando cada vez mais espaço e igualdade – dia após dia.

No filme, sem dúvidas, a minha cena preferida foi quando Diana atravessou um campo de batalha – que os homens não tinham conseguido avançar nem poucos metros em 1 ano – e deu cobertura para que os outros homens passassem. Aquela cena, encheu meus olhos de lágrimas e meu coração de esperança. Senti aquela pontada no peito, aquela vozinha dizendo – você está sendo representada, a sua força está sendo reconhecida. Porquê mesmo que nós, mulheres comuns não tenhamos poderes sobrenaturais como os de Diana e nem sejamos deusas como ela; nós temos, a força mágica da vida, do sentimento, do poder, da magia e da fortaleza. Temos sim, um poder enorme dentro de nós e muito mais do que a divindade de Diana, seu poder se deve sobretudo à sua feminilidade – sim, ao seu eu feminino, e eu vou sim, gritar pra quem quiser ouvir que ela é poderosa justamente por ser mulher, por buscar justiça, por ter bondade, por ter dentro de si verdades tão honrosas!

Se tem uma forma de reconhecer fielmente o que o feminismo busca, essa forma é observando a Ilha de Themyscira. É vendo que seu ideal de força é inteiro de uma mulher, que sua atenção e respeito são direcionados a mulheres – e não poderia ser diferente já que a sua sociedade não despreza mulheres, e também não despreza os homens. ba dum tss! Creio eu que esse seja o ponto, quando Steve chega à ilha seguido dos outros barcos, elas partem para a luta por estarem sendo invadidas. Após isso, no julgamento de Steve, não há um papo por exemplo: você nem deveria estar aqui, você é um homem! Como acontece em Londres na “vida real” com Diana. Para elas não há um inferior, há apenas o reconhecimento do diferente, mas o igual respeito. No link em que coloquei lá em cima há esta passagem que ilustra muito o que eu quero dizer:

Mais tarde, vemos que fora de Themyscira Diana é tão atenciosa e respeitosa com outras mulheres como dentro. Ela ouve Etta da mesma forma que Steve e é a única do grupo a não dar as costas para uma mulher que pede sua ajuda nas trincheiras. Isso é muito coerente, afinal, Diana foi criada por mulheres, viveu entre mulheres, e todos os seus heróis e exemplos de vida são mulheres. E isso se reflete na forma como ela se porta no mundo fora de Themyscira. Não faria sentido ela sentir rivalidade ou desprezar mulheres, assim como não faria sentido ela se sentir intimidada ou acuada por homens (ou mesmo sentir medo ou culpa por dormir ao lado de um deles em um barco). Diana não foi criada em uma cultura de estupro e de inferiorização da mulher e o resultado disso vemos nas telas: uma heroína segura de si, que confia na própria força (e na de outras mulheres), e que até escuta os homens, mas no fim toma suas próprias decisões.

E a diretora, Patty Jenkins completa, em entrevista ao Omelete:

Ela não é feminista, pois nunca ocorreu a ela que alguém seria tratado diferente, o que por si só é uma declaração poderosa. Fico aborrecida quando ela se torna o centro de controvérsias sobre ser ou não um ícone feminista. Ela é. Ela tem sido por muito tempo, ninguém pode decidir se ela deveria ser ou não. Ela é, para muitas mulheres e homens que se identificam com ela.

Todas as vezes que ela entrou no “lugar dos homens” com toda a naturalidade do mundo, eu soltava internamente, um gritinho de emoção. Retratar um pensamento tão machista – e infelizmente contemporâneo – como o da época e acrescentar a isso a Mulher Maravilha, ilustrou perfeitamente a igualdade que queremos. Ficou mais claro do que um desenho, o ideal feminista que ela quer mostrar, o contraste gritante da nossa sociedade tão sexista e o que lutamos para mudar.

Outro ponto louvável foi a vestimenta das amazonas, nada de hipersexualização, nada mostrando mais do que o necessário, nada de silicone se agarrando aos peitos. A roupa delas foi feita para lutar, e isso fica muito claro quando Diana está em Londres comprando “roupas adequadas” quando ela pergunta “como as mulheres conseguem lutar vestindo isso?” e em seguida rasga uma calça, levanta um vestido ou cai de um salto. A roupa que elas usavam eram práticas, armaduras que possibilitam uma boa mobilidade e proteção e acessórios que demonstrassem sua função na Ilha.

Essa foi a minha humilde opinião – cheia de emoção sim – sobre o filme da Mulher Maravilha. E você, já foi assistir? Me conte tudinho nos comentários ;)

O Segredo do Ruivo Perfeito – HENNA + Entrevista com Iara Henna
Cuidados Com os Pés – Esfoliante e Hidratante da Niraj Indian
Carta de Hogwarts DIY – Como Envelhecer Papel
Outros

Presentes de Última Hora pra Você – VOCÊ MESMO – que “Esqueceu” do Dia dos Namorados

11.06.17

Presentes para o dia dos namorados - Blog Dezoito em Ponto Vamos combinar que “esquecer” de um presente bacana no Dia dos Namorados é algo que pode acontecer. As vezes você nem esqueceu, mas a vida ficou tão agitada que acabou passando. Como encontrar o presente ideal de última hora? Vem comigo que eu te ajudo – eu também estou sofrendo deste mal, e enquanto pensava em algo, pensei em você, que também é esquecido (ou está doido com o fim de semestre) hehe.

  • Uma noite romântica

Tem coisa mais amorzinho do que você gastar um pouco do seu tempo para preparar um momento tão especial pro seu mozão? Pode ser até coisa simples, uma comidinha simples mas feita com amor; uma meia luz (algumas velinhas pra quem gostar), uma música gostosa e aquela paz que a gente ama.

  • Um origami

Sei, você deve estar pensando: QUE? Mas vem cá, você já percebeu quanto tempo um origami bonito demora pra ser feito? Eu estou aprendendo aos poucos e é uma coisa tão personalizada e fofa que com certeza a pessoa que você ama vai gostar. Fora que, você levou tempo para fazer, aprender a fazer e depois de fato montar a dobradura – que tal fazer algo que o mozão goste? Aqui tem várias ideias de Origamis fofos para você dar de presente!

  • Um vale spa/massagem

Se o mozão tá estressado com provas/trabalho e metas do semestre, que tal ajudá-lo a desacelerar a vida? Certeza que um vale desses vai deixar ele bem calminho e feliz! Dica: Sem money nenhum? Que tal fazer um Spa em casa? Siiim, exatamente isso que eu to pensando…

  • Chocolate com cartinhas

Tá isso pode parecer clichê, mas une duas coisas que todo mundo ama! Chocolates e declarações de amor – não precisa ser o novo Camões da parada, só umas mensagens legais e sinceras já são suficientes pra deixar o seu love feliz <3

  • Um piquenique

Pegue aquela toalha de mesa bonitona que eu sei que você tem una a alguns lanchinhos gostosos e chame seu love para algum parque. Vai ser tão diferente e inusitado que já vai valer como presente de Dia dos Namorados e Natal! hahaha

Se você está com um tempo (de 1 a 2 dias) para fazer um presente inesquecível, confira essas DIY: Caneca de Cacto e de Unicórnio e Presentes Criativos pro Dia dos Namorados (Game of Thrones, HearthStone, Super Mário…)
  • Cesta de café da manhã

Imagine a cena: Dia dos Namorados, seu love pensando que você mais uma vez  se esqueceu dessa data, e quando ele acorda e vai para a cozinha: thcarannn! Uma cesta bem fofa de café da manhã. Vale também você mesmo preparar o café e levar pra pessoinha da sua vida ;)

  • Coisas simples que o mozão esteja precisando

Sabe aquela blusa laranja abóbara que o love gosta pela cor e você odeia pelo estado que ela se encontra? Aproveite e compre outra de presente, assim você não passa mais raiva e ainda deixa ele feliz (risos). Ou você pode comprar uma case nova para o celular do love, ou um livro que ele esteja precisando na faculdade, ou até mesmo aquele perfume favorito dele que já acabou. Para deixar o presente mais “personalizado” acrescente um cartão, ou alguma coisa diferente. Por exemplo, no livro, você pode colocar post its com mensagens de encorajamento e amor (se o livro for técnico e chato), no perfume pode acrescentar um cartão ou um adesivo que aquela mensagenzinha caliente, enfim, usar sua criatividade!

  • Serenata

“Samira minha filha, tu tá muito romântica hoje ein?” Pois é peoples, junho sempre me deixa assim hehehe, então eu lembrei dessa prática antiguinha que pode se adaptar aos nossos dias. Pode fazer um serenata dentro de casa, ou no jardim da casa (assim não tem risco de fazer da janela e acordar os vizinhos).

Bom meus mozãos, por hoje é isso. Acho que qualquer lembrancinha que você comprar e/ou fizer vai ser importante e fofa se você fizer com amor e sentimento – ainda mais se vier acompanhada de um beijo daqueles! Agora deixa eu correr pra providenciar umas dessas minhas ideias… Fui!

Fotografia pela maravilhosa e perfeita Mariana Devogeski. Visitem o Instagram dela, é a coisa mais linda do mundo!

 

O Segredo do Ruivo Perfeito – HENNA + Entrevista com Iara Henna
Cuidados Com os Pés – Esfoliante e Hidratante da Niraj Indian
Carta de Hogwarts DIY – Como Envelhecer Papel
Página 1 de 8
12345678