Beauty Outros

Loja Ursolina – Onde comprar acessórios e itens fofinhos de decoração.

05.12.17
Loja Ursolina - Onde comprar acessórios e itens fofinhos de decoração, almofadas, ilustrações em aquarela, quadrinhos, bolsas, camisetas e necessaries dezoitoemponto.com

Ursolina Ilustração e Design é uma das lojas artesanais mais fofinhas da vida! Eu falei sobre ela também no post Onde Comprar Blusinhas e Camisetas Fofinhas (nao esquece de dar uma passadinha lá!) Mas a Ursolina também tem acessórios muito lindos e itens de decoração pra você deixar sua casa/quarto/ vida mais alegres! A dona dessa loja linda é a Rê Soares e também a artista por trás desse traço lindo de morrer!! Vem conferir o que ela me mandou!


Falemos de camiseta já que ela quem está abrindo esse post (na foto lá de cime hehe, vocês podem ver uma autêntica paulistana turistando). Elas são ilustradas com gatinhos! Sim meu mozão querido, miaus! E quem não gosta de miaus? Bem, isso não existe haha. Eu gostei do tecido, ele não é aquele algodão grosseiro sabe? É bem macio e fresquinho e tem gola em formato canoa (que amo, só perde pra gola v). Eu usei com shortinho nas duas fotos porquê o calor dessa cidade tá me fritando na sombra; mas no inverno vou usar com jaqueta ou outro agasalho. Gostei de colocar a barra um pouco por dentro da calça, ficou mais marcadinho o quadril e eu gosto bastante, hehe.


Loja Ursolina - Onde comprar acessórios e itens fofinhos de decoração, almofadas, ilustrações em aquarela, quadrinhos, bolsas, camisetas e necessaries dezoitoemponto.com

Leia mais

Roupas de Harry Potter| Blusa Vintage Edwiges e Vestido estampado com Patronos!
And Roll Store no Ensaio Fotográfico da Bela e a Fera – Fotos em Biblioteca!
Tendências de Moda e Beleza para Primavera Verão 2018
Conto Textos

Animal terrestre e animal de céu

03.12.17
Animal terrestre e animal de céu - Conto de Samira Oliveira

E quando eu cheguei nessa cidade, nessa minha nova vida você foi tudo. o primeiro elo encontrado entre mim e meu futuro, mesmo enquanto eu continuava a olhar o passado revestido pelo espesso lenço do presente. com gratidão observava e ainda observo as mudanças que em mim são operadas. a primeira pessoa dessa cidade a me querer em seu coração. um número de telefone um sorriso bonito. um amigo que te fiz abandonar um amigo especial em minha coleção de não amantes. a representação viva dessa cidade, o berloque de São Paulo, o mapa dela inteira gravada em você. talvez possamos ser algo em outro plano e em outra esfera. lembro a vez em que subimos o alto do prédio mais alto dessa cidade sem amor e com o frio anoitecido virei uivo de selvageria de pecaminosos pensamentos. fingi que fumava um cigarro – mesmo nunca tendo colocado nenhum na boca – e olhei pra sua boca e seu rosto de traços leves e quase ingênuos quase infantis mas daquele tipo em que podemos sentir que guarda uma águia dentro de si. embora eu sempre fosse mais chegada nos animais de quatro patas como os lobos, não faço pouco caso das aves. a minha parede de sustentação no meu novo mundo, um alicerce para eu adentrar a nova vida que eu encolhi, a cidade que acolhi ao te abraçar, que você trouxe consigo ao mesmo tempo em que me trazia em ti. em lugares que nunca fui mas porque você foi, agora fazer parte do meu corpo – estão gravadas em mim também. uma vez me disseram que eu encontraria o amor ao me mudar de cidade, ao descobrir-me e descobrir minha profissão; e foi tudo no mesmo dia, quando te conheci e quando me encontrei ou sera quando me conheci e quando te encontrei? você a ave sem limites e sem fronteiras, desconhece o abrigo de um coração, percebo que prefere as mais altas montanhas – ei você, faria amor nas alturas? um animal terrestre como eu poderia voar com você? mas voltemos ao nosso encontro no prédio mais alto da melhor cidade do mundo, há algo de especial em estar cada vez mais próximo do firmamento, tem um encanto ao sentir o cobertor de estrelas que nos envolve e eu sinto seus beijos e eu sinto que gostaria que fôssemos 3. e assim se fez. estamos melhor, mais felizes, somos a melhor versão de nós mesmos. eu sem pudores, você com amor, ela com mansidão. e nos completamos uns aos outros e rolamos juntos sob o manto sagrado do universo. mas acontece que sou animal terrestre, preciso em breve voltar ao chão. você é ave, ela também é, podem os 2 juntos voarem no infindável céu. alcançariam as estrelas? chegariam em saturno? se chegarem, diga aos irmãos de saturno que ainda os espero. quero minha redenção por todos os meus pecados. eles entendem nós animais da terra mas não tenho certeza se entenderão vocês animais do ar.  Pego meu vestido vermelho que ficou jogado cobertura do prédio; vocês são todos arranhões e mordidas de minhas presas, eu sou toda carícia e macies das penas de v o c ^ e s. vô o

sou animal veloz de tempo rápido e de chão

sou garras e te devoro

 

Este não é apenas mais um texto motivacional
Lembranças do “quartinho do fundão”| Um texto sobre desatulhamento
Ecdise – Conto de Samira Oliveira +18
Beauty Outros

Onde comprar Melissas – Gimultimarcas e Melissa Kazakova

16.11.17

Quem não ama Melissa? Impossível não é mesmo? Mas você sabe onde comprar com segurança, descontos ótimos e até mesmo encontrar aquela melissa antiga tão sonhada? Na Gimultimarcas tem Melissas maravilhosas, desde a coleção mais recente até os modelos anteriores – que as colecionadoras e viciadas em Melissa procuram incansavelmente hehe A Gimultimarcas também vende Kipling – ai meu corashaw! – e tem uma bolsa mais maravilhosa que o outra!

  •  Oferece frete grátis para compras acima de R$ 249,90;
  •  São tradicionais na venda de Melissa pela internet e nasceram em 2012;
  • Proporciona aos clientes até 30 dias para trocas;
  • Possui muitas melissas antigas no bazar.

Para o Black Friday eles estão com frete grátis acima de R$ 59,00 ! Miga, guarda o money que a Black Friday da Gimultimarcas vai ser incrível – to sentindooo e vou garantir minha bolsa da Disney e Melissa

Leia mais

Roupas de Harry Potter| Blusa Vintage Edwiges e Vestido estampado com Patronos!
And Roll Store no Ensaio Fotográfico da Bela e a Fera – Fotos em Biblioteca!
Tendências de Moda e Beleza para Primavera Verão 2018
Beauty Outros

Água Micelar L’BEL Hydra Calme – Resenha de Produto

14.11.17

Para o desespero de vocês eu nunca tinha usado uma Água Micelar (sou uma vergonha como blogueira) mas gostei muito de já ter começado bem com a Água Micelar da L’BEL. Nessa resenha vou contar um pouco mais o que achei, mas quem me acompanha no Instagram já viu que eu andei falando sobre ela no stories, então se você ainda não me segue chegou a hora!

A Água Micelar funciona como um demaquilante/tônico com micelas que capturam as impurezas da pele. Estou usando principalmente antes de dormir, depois de usar um sabonete líquido para pele oleosa – atualmente estou usando o Sabonete Hamamelis da Niraj Indian – e depois passo a Água Micelar com o auxílio de um algodão – deixa ele bem embebido com o produto. Ele é bem uma água mesmo então cuidado para não derramar tudo de uma vez – aconteceu uma vez comigo hehe. Por não ser oleoso ele não precisa de enxague; também estou usando antes da maquiagem também, assim garante que a pele está bem limpinha para receber a make.

Leia mais

Roupas de Harry Potter| Blusa Vintage Edwiges e Vestido estampado com Patronos!
And Roll Store no Ensaio Fotográfico da Bela e a Fera – Fotos em Biblioteca!
Tendências de Moda e Beleza para Primavera Verão 2018
Literatura

A Sereia – Kiera Cass | A música mortal e a humanidade das sereias

08.11.17
Livro: A Sereia
Série:
Autor(a): Kiera Cass
Editora: Seguinte
Genero: romance
Páginas: 323
Classificacao:
Sinopse: Anos atrás, Kahlen foi salva de um naufrágio pela própria Água. Para pagar sua dívida, a garota se tornou uma sereia e, durante cem anos, precisa usar sua voz para atrair as pessoas para se afogarem no mar. Kahlen está decidida a cumprir sua sentença à risca, até que ela conhece Akinli. Lindo, carinhoso e gentil, o garoto é tudo o que Kahlen sempre sonhou. Apesar de não poderem conversar — pois a voz da sereia é fatal —, logo surge uma conexão intensa entre os dois. É contra as regras se apaixonar por um humano, e se a Água descobrir, Kahlen será obrigada a abandonar Akinli para sempre. Mas pela primeira vez em muitos anos de obediência, ela está determinada a seguir seu coração.

Eu sou apaixonada por Sereias, e desde que vi esse livro da Kiera Cass já fiquei surtada para ler! Muito tempo se passou e finalmente arranjei um tempinho para lê-lo e resenhar ele aqui pra vocês. Estou morta de amores por essa história então essa resenha vai ser bem apaixonada!

Eu queria ser capaz de explicar como a interrupção de uma vida plena era melhor do que o prolongamento de uma vida vazia.

Na obra A Sereia de Kiera Cass, as sereias existem em número limitado e vivem quase sempre juntas, normalmente em número que vão de 6 a 10. Elas podem ser resgatadas de naufrágios assim que clamam pelas suas vidas, e como pagamento por essa segunda chance, são condenadas a viver 100 anos atraindo pessoas até o mar e matando-as afogadas. Tudo isso para alimentar a Água, que é um personagem não corpóreo mas importantíssimo na obra, de modo que deixa de ser um “coisa” e passa a ser um “ser” poderoso, austero porém gentil com Kahlen, a personagem principal. Ela foi salva de um dos naufrágios e desde então é uma das melhores e preferidas da Água. As sereias moram em terra firme, geralmente perto de praias e perto da Água para poderem atender ao chamado e ir até o local onde provocarão o desastre. Esse é um momento muito delicado, afinal, elas são obrigadas a matar e a continuarem cantando até que não reste nenhuma pessoa viva. A união e amizade delas é o que as mantém fortes e confiantes, isso foi um dos elementos que mais gostei em A Sereia. Cada uma explora seu hobbie durante seus 100 anos e vive a vida do modo como pode, tentando não se desesperar quando o chamado para a matança se aproxima. Elas podem fazer o que quiserem, viajar para onde quiserem e gastar uma quantia de dinheiro indefinida, mas não podem nunca – em hipótese alguma – falar com humanos. A voz das sereias é mortal para um humano, por isso, elas se relacionam com eles por meio de gestos – libras – e expressões faciais. No começo da história elas moram perto de uma Universidade e frequentam os mesmo espaços que os outros jovens de suas idades. Algumas gastam a vida em baladas, como Elizabeth, ou explorando sua arte e vendendo seus quadros como Miaka, e no caso de Kahlen, se refugiando na biblioteca e nos jardins da faculdade.



Leia mais

Esse livro me salvou – A Guerra Que Me Ensinou a Viver da DarkSide Books
Inteligências Artificiais terão controle sobre vidas humanas?
Leia livros online DE GRAÇA! Conheça o Wattpad + 10 livros imperdíveis!
Página 5 de 29
1 ...123456789... 29››