Posts da tag "Parcerias"
Poesia Textos

10 Melhores Poemas Eróticos – para curtir sozinha ou acompanhada.

13.09.18


Literatura erótica é um assunto que venho tentando trazer aqui pro blog há um tempo. Decidi por fim começar com poemas do gênero. O efeito deles – mais do que qualquer outro assunto que chegue aos versos – pode ser sentido em  um relacionamento ou sozinha. Já perdi a conta de quantos depoimentos já recebi de quem melhorou o relacionamento, salvou casamento e aumentou a própria auto estima ao ter esse tido de experiência com a leitura. E não vou mentir, é algo que me atrai muito e que estudo por conta própria (por enquanto, mas a ideia é pesquisar essa área, quem sabe um mestrado? hehe). Pra começar gostaria de pôr duas ressalvas; primeira, este conteúdo é adulto, ou seja indicado a maiores de 18 anos, okay? E segundo, esta é uma área séria e realmente estudada na Letras, haja vista a grande Hilda Hilst que teve destaque da Flip deste ano e Marquês de Sade (tenho certeza que se você não leu algo dele ao menos já ouviu este célebre nome) por exemplo.

Sem mais delongas, vamos aos 10 melhores poemas eróticos – alguns atuais, outros nem tanto… Mas prepare  o coração, o corpo e quer uma dica? um vibrador também (encontre neste sex shop)

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Vênus s.f. (@venusterceira) em

Se te pareço noturna e imperfeita
Olha-me de novo.
Porque esta noite
Olhei-me a mim, como se tu me olhasses.
E era como se a água
Desejasse

Escapar de sua casa que é o rio
E deslizando apenas, nem tocar a margem.

Te olhei. E há um tempo
Entendo que sou terra. Há tanto tempo
Espero
Que o teu corpo de água mais fraterno
Se estenda sobre o meu. Pastor e nauta

Olha-me de novo. Com menos altivez.
E mais atento.

– Hilda Hilst

Leia mais

o trauma de sentir e o vício em fugir – sobre o medo de ficar | #TeLiPoesia
Permita-me eu apresentar novamente, e me veja como mulher, não como uma irmã.
A melancolia dos dias úmidos e seus recomeços
Fotografia Textos

A Nova Eva e a conspiração de Lilith – Ensaio Fotográfico

23.08.18

Eva, a primeira mulher da Terra. Primeira ancestral nossa, nossa mãe. Não entrarei no fato de ser este um mito, cada um acredita no que lhe convém. Mas é importante ver poeticamente Eva, com outros olhos. Enxergar, mais do que apenas ver, o símbolo de submissão que ela representa, as teorias da conspiração em volta disso e como podemos trazê-la até nós, aproximar sua simbólica figura do nosso feminino. É isso o que quero nesse projeto, com a fotógrafa Lainy Cherry. Na hora eu não pensei muito sobre. Só me veio à mente “Eva”. Talvez como um grito dela própria que há muito havia se perdido. Talvez por estar em meio às folhagens e me reconhecer como ser mulher. Entre tantas verdades, a maior: desde Eva tentam calar nossa voz.

A Nova Eva e a conspiração de Lilith - Ensaio Fotográfico sobre feminismo, sagrado feminino e empoderamento

Canta, oh deusa, sobre a primeira mulher criada, sobre as escrituras sagradas e sobre a profana ilegitimada. Contam nos amuletos antigos sobre o mais antigo ser, nascida antes mesmo do homem, Lilith. Mas também criada junto ao seu oposto no Gênesis da história. Canta, musa, sobre a mulher que se negou a ser menos, que pegou pra si a dominação – e por ela se enfeitiçou – que cobriu Adão e se negou, a ser menos, a ser a mulher que eles queriam. Talvez tenha andado pelos bosques do Éden e gritado, ser o mais perfeito ser criado, à imagem e semelhança da própria Deusa.

A Nova Eva e a conspiração de Lilith - Ensaio Fotográfico sobre feminismo, sagrado feminino e empoderamento

O profeta me conhecia como “primeira mulher”. Me apagaram da história por ser igual ao homem. Abandonei a pé esse falso paraíso de mentiras e maldições. Voei como coruja, como animal noturno que tem um rumo na noite. A noite, querido, pertence a mim. Foi com ela que fiz meu próprio Éden. No Mar Vermelho construí meu deserto e dei a luz a meus filhos, rebelião, é disso que eu gosto, sexo, é disso que eu me alimento. E a maior verdade é que te assombro de medo, você olha em meus olhos e vê o poder que desejaria ter. Sente meu cheiro e te torna cego, até minha voz, querido, te embriaga. Você me teme e me deseja, e talvez eu possa te levar comigo ao meu inferno – se tu merecer. Quase todas as civilizações me vêem como maldita, me afastam com temor. Mas algumas, mais sabias, matriarcas, reconhece em mim a maternidade e o poder que posso lhe oferecer. Às minhas filhas: unam-se é chegada a hora de despertar esse mundo.

A Nova Eva e a conspiração de Lilith - Ensaio Fotográfico sobre feminismo, sagrado feminino e empoderamento por Samira Oliveira e Lainy Cherry

Recentemente Eva me revelou: “não fui feita de costela nenhuma, fui criada isolada dentro do meu próprio coração. E toda essa história de deus e criação. Foi para tentar conter, o tamanho da imensidão. Que eu ocupava.” E quando conheci a serpente, conheci a mim mesma, uma outra face que eu queria a todo custo ignorar. Sabia da outra, sabia da sua revolta, e por me reconhecer como igual mordi a maça. E mordi com gosto, com desobediência aos que queriam me diminuir. Queria o conhecimento sim, queria que ela me admirasse sim, e queria dividir com Adão, essa enxurrada de informações, de prazeres, de luz… E nós duas fomos luz demais, Lua demais, profundidade e intensidade tamanha, que hoje, em dia, toda a humanidade, nos teme e tenta nos aniquilar.

A Nova Eva e a conspiração de Lilith - Ensaio Fotográfico sobre feminismo, sagrado feminino e empoderamento por Samira Oliveira e Lainy Cherry

Então exclamou Adão: “Esta, sim, é osso dos meus ossos e carne da minha carne! Ela será chamada ‘mulher’, porquanto do ‘homem’ foi extraída”. Mas ele não sabia, que minha essência há muito a Terra já habitava. E como satélite noturno, por ela orbitava e guiava. É meu poder feminino que dá vida a esta humanidade, reconhecer isso é pré requisito, é o minimo esperado, para quem tanto deve à minha intimidade. Que se ergam templos e religiões, que sejam montados sob flores e pecados, que seja um local repleto de paz e felicidade. Para guiar essas almas, todas essas perdidas almas, à verdadeira essência do que somos.

Leia mais

o trauma de sentir e o vício em fugir – sobre o medo de ficar | #TeLiPoesia
Permita-me eu apresentar novamente, e me veja como mulher, não como uma irmã.
A melancolia dos dias úmidos e seus recomeços
Fotografia

Como fotografar unhas para o Instagram – 8 dicas valiosas para ter JÁ fotos MAGNÍFICAS

25.07.18

Fotografar unhas virou uma das minhas atividades preferidas como criadora de conteúdo – principalmente depois da minha parceria com a Mari Lopes Nail Designer. Assim, é pela minha experiência de mais de 2 anos tirando fotos magníficas de unhas, que trago essas dicas valiosas para ter fotos lindas e cheias de curtidas e engajamento.

  • Invista na iluminação – principalmente natural

Anota essa primeira dica, ela é valiosa para qualquer tipo de foto. Fica até mais legal se você conseguir usar a própria natureza como cenário para a foto. Invista em moitinhas de flores, um chão de folhas ou um caminho de pedras. Olhando ao redor você encontrará coisas lindas e naturais para incorporar à foto.

  • Relaxe a mão

Procure deixar a mão leve, nada mais feio que uma mão esticadona na foto, ou com uma aparência severa. Tente segurar algo delicadamente enquanto tira a foto, colocando o objeto junto à fotografia.

  • Hidratação faz parte

Okay, então você tem a melhor manicure da sua cidade (como eu <3) Mas sua mão está ressecada e com uma má aparência – e isso definitivamente não tem nada a ver com sua idade – mas sim com a hidratação! Invista em um esfoliante leve e depois em uma boa hidratação. Se necessário hidrate as cutículas também. Eu indico o Hidratante da Granado Pharmacias

Leia mais

A Nova Eva e a conspiração de Lilith – Ensaio Fotográfico
Ensaio Fotográfico Vintage em Lavanderia
Roupas de Harry Potter| Blusa Vintage Edwiges e Vestido estampado com Patronos!
Literatura

Jack O Estripador – Rastro de Sangue | protofeminismo na Londres Vitoriana, suspense e cadáveres

15.05.18
Jack O Estripador - Rastro de Sangue | protofeminismo na Londres Vitoriana, suspense e cadáveres Resenha por Samira Olliveira dezoitoemponto.com

Audrey Rose, a personagem principal de Jack O Estripador – Rastro de Sangue, tem descendência indiana e tem uma postura protofeminista que me deixou orgulhosa. Ao contrário das damas de alta classe de sua época, Audrey não se deleita em chás e bordados, ela encontra prazer dissecando cadáveres e fazendo autópsias junto de seu tio. Em meio à violência da Londres vitoriana, alguns assassinatos chamam a atenção de todos e desperta o medo mais profundo dentro das mulheres. Há um criminoso a solta que mata mulheres e as estripa, levando consigo pedaços de seus corpos e promovendo mortes lentas e dolorosas. Como a única moça empoderada de sua época, ela se junta ao cavalheiro de também alta classe, Thomas, para iniciar as investigações do caso. Thomas é audacioso, cínico, petulante e extremamente charmoso; além de também estudar junto a Rose a arte forence, ele é brilhante em suas anotações e conclusões, sendo claramente o melhor aluno do tio de Rose. Um romance com a dose exata de suspense e investigação. É como ler um pouco de Agatha Christie e Edgar Alan Poe juntos.

Algo muito interessante que notei são as cenas em que a misoginia e a repressão feminina são muito fortes. Eu nunca tinha tomado consciência do tanto que as mulheres sofriam nessa época, como o machismo era bem visto e bem quisto por todos. A medicina e o estudo de cadáveres era praticamente proibido para mulheres, Audrey teve de ir às aulas de seu tio vestida de homem e atuando como um para ser aceita. Seu pai era extremamente contra e chegava a proibi-la de sair de casa em certas situações. É quase atordoante fatos como: mulher não podia sair na rua desacompanhada e muito menos receber um homem dentro de casa. E foi vendo essas situações que enxerguei o machismo de hoje em dia e como houve uma evolução e suavização deles – mas que analisando tais cenas do passado podemos entender o pensamento da época e como ele nos moldou. As mulheres eram incentivadas a não pensar e estudar, e caso pensassem, que fosse apenas o suficiente para atender ás tarefas domésticas. Elas eram impedidas de emitir opinião em várias situações sendo consideradas literalmente inferiores.

Jack O Estripador - Rastro de Sangue | protofeminismo na Londres Vitoriana, suspense e cadáveres Resenha por Samira Olliveira dezoitoemponto.com

Leia mais

Resenha: Chronos – viagens entre páginas e tempos
Resenha: livro da Alexandra Gurgel – Pare de Se Odiar – porque amar o próprio corpo é um ato revolucionário!
O Guia do Cavalheiro para o Vício e a Virtude | representatividade bi no século XVII
Beauty Fotografia

And Roll Store no Ensaio Fotográfico da Bela e a Fera – Fotos em Biblioteca!

11.01.18
And Roll Store (vestidos vintage e romântico) no Ensaio Fotográfico da Bela e a Fera - Beauty and the Beast Photoshoot. Foto em biblioteca em estilo tumblr e pinterest, insirado no live action com Emma Watson

A And Roll Store é aquele tipo de loja única que você sabe que pode rodar o universo e não achará nada igual. Com estampas geek, românticas, fofinhas, vintage e alternativas, a And Roll é plural e exclusiva. Inclusive conta com numeração plus size – do 36 ao 56 – e todos os tamanhos bem reais. Um dos vestidos que escolhi foi o da Bela e a Fera e escolhemos uma biblioteca para ambientar esse ensaio fotográfico. Fazia bastante tempo que queria tirar foto em uma biblioteca e finalmente esse dia chegou. Quem fez as fotos desse ensaio foi a @jessshard e fomos ao Instituto Moreira Sales e usamos a biblioteca de lá, que na verdade é praticamente um paredão de livros, mas que a Jess aproveitou como se fosse a própria biblioteca da Bela.

And Roll Store (vestidos vintage e romântico) no Ensaio Fotográfico da Bela e a Fera - Beauty and the Beast Photoshoot. Foto em biblioteca em estilo tumblr e pinterest, insirado no live action com Emma Watson

Leia mais

Vestido artesanal de gatinhos | Compre de Quem Faz
A Nova Eva e a conspiração de Lilith – Ensaio Fotográfico
Como fotografar unhas para o Instagram – 8 dicas valiosas para ter JÁ fotos MAGNÍFICAS
Página 2 de 3
123